Connect with us

JUCA

Apostas JUCA 2018: quem ganha o que?

apostas-juca-2018

Amem ou odeiem, chegou o momento que todo mundo já anseia antes dos campeonatos. É hora da titia BEAT fazer suas apostas JUCA 2018!

PATROCINADO POR CULTURA INGLESA

 

 

 

 

 

Sabe aquele momento que a gente ama? Pois é, ele chegou. Chegou a hora dos haters começarem o #chupaBEAT porque vai ter muita aposta, sim!

O nosso bolão do JUCA 2018 está polêmico, do jeitinho que vocês gostam. Mas como a Revista BEAT ainda não é vidente, nem dona da razão, a gente também te dá a oportunidade de votar em quem você acha que vai ganhar.

Conversamos com treinadores das modalidades de quadra e montamos o nosso bolão. Confere ai 🙂

Apostas JUCA 2018

Basquete Feminino

apostas-juca-2018

A competição de Basquete Feminino do JUCA 2018 deve trazer bons jogos. Conta com equipes novas e reestruturadas, mas também com duas equipes já consolidadas – Mackenzie e Grifo.

O primeiro confronto, ECA x Mackenzie, representa bem a competição. De um lado o Mack, que já tem tradição no basquete feminino, sempre chega com atletas altas e com um bom nível técnico. Do outro lado a equipe uspiana, que está em um processo de reestruturação e deve chegar com sangue nos olhos. Contudo, a aposta é de que o Tuba passa.

Do mesmo lado da chave, Metô x Cásper. A Cásper também passou por uma reformulação e nesse processo conseguiu desenvolver bastante sua defesa, sendo uma das mais duras de se passar no basquete feminino atualmente. Já a Metô não tem tradição na modalidade e poucas vezes chegou com uma equipe estruturada. Por isso, a Cásper deve ganhar o confronto.

No outro lado da chave, Grifo x PUCCamp. A Grifo deve ser a vencedora. Trata-se de uma equipe que pontua com muita facilidade, apresenta um jogo rápido e com um bom contra-ataque.

O último jogo das quartas de final, PUC-SP x Belas Artes, será o encontro de equipes parecidas. Atualmente, ambas não vivem a melhor fase. Porém, contam com atletas muito motivadas e que farão de tudo na busca pela vitória. Difícil apontar uma vencedora, porém a PUC-SP conta com um bom trabalho de grupo e isso deve ser a pequena vantagem que a levará para a próxima fase.

Semis e final

Chegamos na primeira semifinal: Mackenzie x Cásper. A defesa da Cásper deve deixar o jogo duro, com muito contato e poucas finalizações. Apesar disso, a experiência e volume de jogo das mackenzistas devem prevalecer, levando-as à final. Do outro lado, o Grifo em ótima fase e motivada pela primeira vitória, deve passar da PUC-SP.

A final, Grifo x Mack, é a reedição da decisão de 2017. Muita rivalidade em quadra e a garantia de uma partida disputada. A raça vai ser determinante e pode fazer a diferença. Porém, como temos que apostar, chutamos que o ouro vai para a equipe do Grifo – que deve garantir uma vantagem com mais velocidade e volume de finalizações.

Basquete Masculino

apostas-juca-2018

 

A competição de Basquete Masculino envolve muita rivalidade. Nós garantimos que não vai faltar equilíbrio e intensidade nas partidas em São Carlos.

Primeiro confronto, Grifo x PUCCamp. A PUCCamp não costuma chegar com uma forte equipe para essa competição e logo de cara irá enfrentar a equipe do Grifo – atual campeã da competição. Apesar da Anhembi não contar mais com atletas importantes, sua equipe manteve o alto nível técnico e sai com a vitória.

Metodista x Belas Artes é o segundo jogo. Metô deve sair com a vitória, afinal, conta com mais experiência em competições semestrais. Na NDU desse ano, por exemplo, está em uma série mais competitiva que a BA e garantindo bons resultados.

Mackenzie x Cásper, por outro lado, será um jogo bastante equilibrado e com muita competitividade. Ainda que a Cásper sempre chegue com bons jogadores, o forte ataque do Tuba deve garantir a vitória no embate.

PUC-SP x ECA é um jogo difícil de se apostar. A PUC tem ótimos atletas, porém a equipe ecana apresenta uma consistência maior enquanto time, visto que disputa competições com maior frequência. O bom ritmo de jogo deve ser o diferencial para garantir a ECA na semifinal.

Semis e final

Primeiro confronto da semi, Grifo x Metodista. O Grifo não terá vida fácil contra a agressiva defesa da Metô, porém, com sua maior experiência e bons arremessadores de 3 pontos, deve conquistar a vaga na final.

Mackenzie x ECA já foi um dos confrontos mais disputados do JUCA, há muita tradição e rivalidade. O Mack tem um volume de jogo muito maior, boas opções de troca e capacidade técnica para manter o alto nível durante todo o jogo. Isso deve ser suficiente para superar a renovada equipe ecana.

A final, portanto, deve ser Grifo x Mack. Essa tem sido a final dos últimos anos, o que já nos garante uma dose de rivalidade altíssima em quadra. Ano passado, a equipe da Anhembi garantiu o ouro.

Porém, no JUCA 2018, talvez a saída de atletas importantes do Grifo possa afetar o resultado. Ou seja, apostamos que esse fator deve contar a favor do Mack – que deve levar o título.

Futebol de Campo Masculino

Nesta edição, talvez tenhamos uma das competições mais equilibradas dos últimos tempos no futcampo. Três favoritos ao título, Cásper, Mack e Grifo estão do mesmo lado da chave. Ou seja, a promessa é de jogos acirrados a partir do primeiro confronto.  

Mackenzie x ECA. Mack entrou na NDU, o que lhes garantiu partidas mais disputadas durante o ano, mais volume de jogo e, portanto, melhor preparação para o inter. A ECA, por sua vez, perdeu alguns atletas na virada do ano e, mesmo tendo uma boa defesa, não deve sair vencedora. Mack, atual campeão do JUCA, passa para a semi.  

Grifo x Cásper, nós apostamos, antes de tudo, em um jogasso. Cásper está em ótima fase: manteve a base de seu time nos últimos anos e é uma das favoritas para levar o título. Grifo, por sua vez, passa por uma reformulação em seu elenco e comissão técnica. Por isso, vive uma fase menos favorável, contudo não deve facilitar para os adversários.

Difícil apontar um vencedor, inclusive não é surpresa esperar que esse confronto termine em penalidades. Contudo, por viver melhor fase e pela continuidade do bom trabalho que tem feito, a Cásper tem ligeira vantagem e deve garantir a vitória.

No outro lado, PUC x Belas Artes. A Pontifícia chegou à final nos últimos dois anos, porém,  em ambas conquistou o vice campeonato. Do outro lado, a BA aparece com um bom time. Na última edição do JUCA, fez ótimo jogo contra ECA – só perdendo nos penais. Entretanto, a gana da PUC, somada a participação em um campeonato anual de alto nível, deve fazer diferença na hora da decisão. Apostamos que a PUC chega na semi.

PUCCamp x Metodista, mais uma promessa de jogo equilibrado. Metô bateu na trave ano passado após um belo jogo contra a Cásper. Já PUCCamp, também em 2017, fez um bom jogo contra o Mack. Porém, a qualidade individual dos jogadores deve ser o diferencial para a Metô chegar à semifinal.

Semis e final

Na semi, Mackenzie x Cásper. Mack chega motivado por ser o atual campeão. Cásper deve ter a garra de quem já passou o primeiro jogo contra o Grifo. De novo, difícil apostar em alguém. Contudo, os atuais campeões devem manter a hegemonia. Chutamos: Mackenzie na final.

Na outra semi, PUC x Metodista, analisando os últimos anos e os resultados, a aposta é na vitória da PUC, mesmo que sem facilidade.

Na final, mais uma vez, PUC x Mackenzie. Por um lado, a Pontifícia engasgada com as duas últimas derrotas em final do JUCA. Mack, por outro lado, embalado pela vitória da última edição. Jogo duro, com grandes chances de ser decidido nos pênaltis, mas que deve ter o Mack campeão novamente.

Futsal Feminino

A competição já começará com um confronto disputado. Belas Artes x ECA foi um dos jogos de semi final de 2017. Ano passado, a BA se saiu melhor, após empate e decisão nos pênaltis contra as ecanas.

Apesar da ECA ter passado por uma renovação no último ano e ganhado o recente confronto que tiveram pela NDU, apostamos que a atual campeã do JUCA, a BA, deve ganhar.

Próximo jogo, PUCCamp x Cásper. A Cásper vem em uma crescente enquanto equipe e deve manter as boas atuações que tem feito na NDU, por isso deve passar com tranquilidade para a semi.

Grifo x PUC-SP. Grifo é a única equipe do JUCA que está na série A do NDU, sendo, portanto, uma das favoritas no inter. Por isso, a Grifo é favorita a ganhar esse confronto e também uma das favoritas ao título.

Para finalizar as quartas de final, Mackenzie x Metodista. Tudo indica um jogo bastante equilibrado: Mack tem tradição de chegar com bons times e a Metô, nos últimos 3 anos de JUCA, garantiu dois títulos e uma semi final. Pelo histórico recente, apostamos que a Metô deve ir à semi.

Semis e final

Primeiro confronto da semi final, Belas Artes x Cásper. Apostamos em um jogo motivado e com garra de ambos os lados. Mas, novamente, vamos pesar o histórico: BA deve ganhar e mais uma vez chegar à final.

Na outra semi, Grifo x Metodista, reedição de 2017. Grifo tem a seu favor o fato de disputar uma competição semestral de alto nível, o que faz muita diferença na hora da decisão. Repetindo o resultado do ano passado, Grifo deve chegar a final.

Final, assim como a do ano passado – Belas Artes x Grifo. As duas equipes que se conhecem e sabem jogar partidas decisivas. Nas arquibancadas duas torcidas de respeito. Será um jogo, sem dúvidas, de muita entrega. Porém, apostamos na Anhembi Morumbi para o ouro.

Futsal Masculino

Para começar, Grifo x Cásper é o encontro de duas equipes em renovação. Entretanto, arriscamos dizer que a equipe da Anhembi conseguiu manter o nível técnico mais alto e, por isso, leva o primeiro jogo.

PUCCamp x PUC-SP, duelo entre equipes parecidas, ou seja, espera-se uma partida equilibrada. Na última edição, PUCCamp surpreendeu e goleou a Cásper – então campeã da competição. Esse ano deve chegar motivada e conquistar a vitória sobre a Pontifícia da capital.

Do outro lado da chave, Belas Artes x Metodista. Apesar da segunda colocação da BA em 2017, a equipe perdeu alguns dos principais jogadores de lá para cá. Já a Metô vem crescendo nos últimos anos, inclusive ano passado deu trabalho para a equipe da ECA, que era tida com uma das maiores favoritas ao título. Esse ano deve surpreender de novo e ganhar da BA.

Mackenzie x ECA. Como sempre, o Mack vai chegar forte e motivado para o JUCA. ECA teve poucas mudanças no elenco com relação ao ano passado e também chega forte. Apostamos em um jogo equilibrado, mas no Tuba como vencedor.

Semis e final

Primeira semifinal: Grifo x PUCCamp. A campanha da PUCCamp deve parar nessa partida, visto que o Grifo apresenta uma equipe bem organizada, que, em condições normais, passa para a final.

Na outra semi, talvez um jogo mais equilibrado, Metodista x Mackenzie. Ambas as equipes fazem uma boa campanha na NDU 2018. Porém, a tradição deve pesar e chutamos o Mack na final.

Final complicada, difícil apontar um vencedor. A Grifo vem de 3 vitórias seguidas contra o Mack, que a cada ano se reforça e chega forte. Uma decisão nos pênaltis não seria surpresa. Mas, como temos que apostar em alguém, apostamos na Grifo, que é a atual campeã e vive melhor fase no campeonato semestral que disputam.  

Handebol Feminino

O primeiro jogo, Grifo x Metodista, marca o encontro de duas equipes que vivem situações opostas. A Metô é um time novo e em estruturação, já a Anhembi tem, há alguns anos, um dos times mais forte do JUCA. Passa o Grifo.

Belas Artes x Cásper promete ser um jogo apertado e retrancado. O fator preparação física deve contar e a Cásper segue no campeonato.

Do outro lado da chave, começamos com Mackenzie x PUCCamp. Partida que não deve ter surpresas: o Tuba é mais tradicional e está no auge de uma boa renovação, logo,  não deve ter dificuldade de passar pela PUCCamp. Já na partida PUC-SP x ECA , também não deve ocorrer nada fora do esperado: ECA segue no campeonato.

Semis e final

Na primeira semi, Grifo x Cásper, a aposta é que a Anhembi seja, mais uma vez, finalista do JUCA. Dificilmente, nos últimos anos, algum time de handebol feminino conseguiu dar muito trabalho para a Anhembi.

A outra semi será uma repetição de um dos jogos mais emocionantes de 2017. Tudo indica que Mackenzie x ECA  será um confronto muito equilibrado. ECA apresenta um ótimo time, muito unido e motivado. Mack tem boas qualidades individuais que desequilibram e fazem diferença – isso pode ser um fator determinante que dê a vitória para as mackenzistas.

Na final mais uma reedição de 2017, Grifo x Mackenzie disputarão o título mais uma vez. Apesar de apostarmos em uma partida equilibrada, acreditamos que Anhembi vive melhor fase e leva pequena vantagem. Grifo bi-campeã do JUCA.  

Handebol Masculino

Para iniciar o handebol masculino, um jogasso: Metodista x Mackenzie. Metô é a atual campeã da competição e conta com um ótimo goleiro, capaz de desequilibrar bastante o jogo. Já o Tuba passa por renovações e está em evolução, mas apostamos que a Metô vence.

ECA x PUCCamp, porém, deve ser um pouco mais previsível. Após passar por uma ótima estruturação nos últimos tempos, o time ecano vem forte e não deve ter dificuldades para passar pela PUCCamp.

Do outro lado do chaveamento, temos Grifo x Cásper. Grifo chega como a favorita no confronto, visto que venceu os últimos dois jogos contra a Cásper. Já a faculdade da Paulista evoluiu bastante do ano passada para cá e com certeza deve dificultar o jogo. Contudo, os aspectos individuais da Anhembi devem garantir a vitória.

Belas Artes x PUC-SP, BA deve ser a vencedora, o time ganhou alguns reforços, tem feito bons jogos as edições passadas e apresenta um time um pouco superior ao da Pontifícia da capital.

Semis e final

Na primeira semi, Metodista x ECA, espera-se um jogo equilibrado. A ECA deve fazer valer todo seu esforço para estruturar o time novamente e, ao contrário do ano passado, deve passar pela Metô. A outra semi, Grifo x Belas Artes, talvez seja mais previsível, com vitória tranquila do time da Anhembi.

Na final, Grifo x ECA, teremos o encontro entre uma equipe relativamente nova e sem muita experiência, a ECA, contra uma equipe que está acostumada a jogos decisivos. Além disso, Grifo apresenta um jogo mais definido, por já jogarem juntos há mais tempo. Diferente do ano passado, Grifo deve ser a campeã da modalidade.

Vôlei Feminino

Para começar o chaveamento, Grifo x ECA. As duas equipes se enfrentaram na semifinal de 2016 e, nessa ocasião, a ECA saiu vitoriosa. De lá para cá, a equipe da USP passou por renovações e atualmente está em plena evolução. Porém, a equipe da Anhembi apresenta mais consistência e deve seguir no campeonato.

PUCCamp x Mack fazem o segundo confronto. Ano passado PUCCamp surpreendeu e venceu a Cásper logo no primeiro jogo. Entretanto, o Mack deve fazer valer seu favoritismo e avançar para a semi.

Belas Artes x Cásper deve ser o confronto mais equilibrado da primeira fase. Apesar da BA ser a atual vice campeã, as duas equipes tem um elenco parecido. Contudo, Cásper tem ligeira vantagem por disputar um campeonato semestral e BA ter perdido algumas atletas do ano passado para cá. Cásper na semi.

No último jogo das quartas, PUC-SP x Metodista, a Metô deve levar a vitória, com base em um time mais estruturado e uma defesa sólida que vai contar bastante durante a partida.

Semis e final

O primeiro confronto da semi promete ser mais um jogasso digno de JUCA: Grifo x Mackenzie. O Tuba apresenta um bom elenco e um ataque alto, porém isso não deve bastar para vencer a Anhembi. O time vive uma ótima fase e deve garantir sua vaga na final.

Na outra semi, Cásper x Metodista, dejavu de 2016. Há dois anos a Metô levou a melhor e apostamos no mesmo resultado agora. O time do ABC é um pouco mais experiente e isso faz bastanste diferença em uma semi de inter.

A final também promete muita emoção, Grifo x Metodista, repetindo o confronto das quartas do ano passado. Grifo está em ótima fase, tem um time forte e é a única equipe da competição que joga a série A da NDU. Por isso, apostamos no bicampeonato da Anhembi.

Vôlei Masculino

Grifo x Belas Artes fazem o primeiro confronto do vôlei masculino. A atual campeã, Grifo, deve ganhar sem muitas dificuldades. A BA nunca teve tradição nessa modalidade e esse ano não deve surpreender. Grifo na semi.

Segundo jogo, PUCCamp x Cásper. Cásper tem um time equilibrado, bem treinado e com potencial para avançar. Se não houver surpresas, Cásper na semi.

Seguindo nas quartas, PUC-SP x ECA. ECA deve passar sem dificuldades também, o time chega ao JUCA muito motivado para tentar, finalmente, conquistar o título nessa modalidade.

Último jogo das quartas, Metodista x Mackenzie, a expectativa é que seja o jogo mais pegado da primeira fase. Ambos os times contam com jogadores que podem desequilibrar, ótimo potencial de saque e ataques fortes. Difícil apontar um vencedor, porém, por ter algumas qualidades individuais que se destacam mais, a Metô deve sair com a vitória.

Semis e final

Na primeira semi, Grifo x Cásper. Esse ano a Cásper vem forte, renovou e reforçou o time e com certeza tornará o jogo difícil. Porém, seguindo o histórico, apostamos na Anhembi. Do outro lado, ECA x Metodista. Tendo bons reforços de bixos nos últimos anos, a ECA apresenta uma evolução notável nos últimos anos. Portanto, apostamos na USP na final.

Repetindo a final dos últimos três anos: Grifo x ECA será um jogo duro. O vice campeonato engasgado do último ano e a dedicação em busca do título devem contar a favor dos uspianos. Do outro lado, Grifo manteve praticamente o mesmo time, portanto é um time forte e acostumado a finais. Mais uma partida difícil de apontar um vencedor, mas, como temos que fazer, chutamos na vitória da ECA.

 

Advertisement

Facebook

More in JUCA