Connect with us

Saúde

Sexo pós-treino: faz alguma diferença?

A terapeuta sexual Lívia Leite revela o que o sexo pós-treino faz ao nosso corpo e se devemos praticá-lo depois das atividades físicas.

Já não é novidade que tanto o sexo quanto exercícios físicos liberam as endorfinas, hormônios responsáveis pelas sensações de bem-estar e prazer.

A ação delas se assemelha à ação de drogas opióides (derivadas do ópio e que atuam no sistema nervoso para aliviar a dor). Tal como a heroína e a morfina.

A diferença entre as drogas sintéticas e as endorfinas é que elas são endógenas, ou seja, são produzidas pelo nosso próprio organismo. Existem aproximadamente 20 tipos diferentes de endorfinas.

Aliás, a palavra endorfina é a junção de morfina (analgésico) + endo (interno). Elas são liberadas pelo cérebro, geralmente durante e depois de atividades físicas.

Durante um treino com exercícios físicos moderados ou intensos, o nosso corpo produz betaendorfinas, as quais proporcionam sensações de euforia, de analgesia ou bloqueio da dor.

Ainda são capazes de diminuir os níveis de estresse e fortalecem o sistema imunológico. Porém, os níveis de endorfina no sangue não permanecem altos por muito tempo.

Benefícios do sexo pós-treino

E é aí que o sexo pós-treino entra. A relação sexual depois da prática de exercício prolonga os efeitos benéficos das endorfinas no organismo.

Além disso, contribui também com a regulação da pressão sanguínea, provoca um relaxamento profundo, devido a liberação de oxitocina, e promove um sono restaurador.

O combo, exercícios físicos + sexo pós-treino faz bem para a saúde física e mental. Estimula um comportamento de reforço positivo. Promove ainda a seguinte repetição: atividade física estimula relações sexuais e relações sexuais estimulam as atividades físicas. Match perfeito!

 

 

Lívia Leite

Biomédica/Terapeuta sexual

Lívia Leite é biomédica, sexóloga e terapeuta sexual. Sempre trata assuntos relacionados à sexualidade com naturalidade, espontaneidade e responsabilidade. Ajudar pessoas a viverem felizes com sua sexualidade, mais do que um trabalho, é sua missão de vida.

Benefícios do esporte:

Como a corrida pode ajudar no seu desempenho acadêmico?
Importância da musculação para o corpo
Bike na USP: a cultura sobre duas rodas

More in Saúde