mack no JUCA - revista beat

O esportivo das faculdades para o JUCA 2017

por • 12 de junho de 2017 • Colaboradores, Colunas, Jogo a JogoComentários (0)688

Por Ana Luiza Menechino

 

JUCA, uma abreviação de quatro letras de um dos maiores jogos universitários do país, em todos os quesitos. Os Jogos de Comunicação e Artes são bem amorosos, como são conhecidos, mas também possuem um dos maiores níveis do esporte universitário dentre os jogos do país. Oito faculdades em busca de um sonho, o título geral, seja ganhar pela primeira ou mais uma vez. 

Foram longos meses de treinos durante a madrugada, fins de semana, com tempos ruins e outras muitas adversidades, mas a emoção e a honra de vestir a camisa da sua faculdade, compensam todas as noites mal dormidas e demais coisas deixadas de lado pelos treinos.Cada momento dentro de quadra e cada resultado positivo, ou até mesmo negativo, mas com o máximo de empenho da equipe, nos dá um orgulho imenso de fazer o JUCA acontecer e ser tão grande quanto é, e a felicidade de cada um que aproveita cada momento do JUCA é a maior recompensa do esforço praticado durante um ano.

Cada atlética tem a sua forma de se organizar e de se preparar para os quatro dias mais esperados do ano, e, também, cada uma possui uma expectativa e visão diferente sobre seus times e confrontos, de acordo com toda a preparação e evolução durante um ano.

Confira a expectativa dos atleticanos de cada uma das oito faculdades participantes para o JUCA deste ano:

Anhembi Morumbi: “A expectativa da Grifo é voltar a ter o título de campeã geral do JUCA”, assim é descrita a ambição da Anhembi pelo presidente da atlética Lucas Leite, que completa dizendo: “nossa preparação sempre é forte. Desde que começamos a investir no esporte, lá em 2014, as cobranças internas e de nós mesmos é sempre melhorar. Mais competições, mais atletas! E há um fator determinante para a preparação que é o fim do ciclo para muitos, inclusive eu. Como está acabando essa fase, não há corpo mole, não tem migué! Estamos juntos e estamos prontos! Ninguém quer voltar sem a taça de Araraquara esse ano!”.

Belas Artes: “Nossos times passaram por uma reestruturação nos últimos anos, tanto com atletas, quanto com técnicos e auxiliares. A cada semestre que passa é nítida nossa evolução. Nos campos, nas quadras, mesas e piscinas nossos atletas honram nosso manto azul e vermelho” explica a diretora esportiva Roberta Pinheiro. Já em relação ao JUCA de 2017, ressalta que “deixaremos de lado todas as expectativas de uma história que, em 2017, completa 24 anos, para mostrar que somos um bando de loucos pela Belas Artes. Estamos ansiosos e confiantes. JUCA 2017 será mais uma marco para a Colmeia”.

Cásper Líbero: “A preparação da Cásper para o JUCA 2017 começou no dia 30 de maio do ano passado, assim que voltamos de Sorocaba. Os times intensificaram os treinos e acompanhamos a evolução e fortalecimento de cada um deles ao longo dos meses”, descreve a diretora esportiva Joana Gasparini .Ela reforça, ainda, que “ a Cásper promete fazer valer a pena todo esforço e dedicação, e chegaremos em Araraquara mais unidos ainda!”.

ECA: “As expectativas da ECA para o JUCA se tornaram bastante otimistas depois do chaveamento. Pelas contas que fizemos, a ECA deve brigar por um lugar no pódio na classificação geral. Porém, ficar em quarto lugar não seria uma surpresa – e nem um demérito”, e é com esse pensamento e foco citados pelo diretor esportivo Yuri Zveibil que a ECA vai para o JUCA de 2017. Reiterando, ainda, a tradição da ECA no xadrez e na natação feminina, esportes “com grandes chances de medalhas”.

Mackenzie: ”É normal entrar confiante após ter sido campeão geral, estamos entrando com os pés no chão, porém, ainda assim, iremos pro Juca pra vencer e pra deixar a taça em casa, claro!”, é isso que o Mack espera para o JUCA de 2017, como escrito pelo vice-presidente esportivo Gabriel Abmussi. Comentando, ainda, que, apesar “da mente” estar em permanecer com a taça, “o objetivo passado para todos foi de dar o melhor sempre, jogar cada segundo como se fosse o último. Deixaremos tudo em quadra/campo, suor, garra, força, choro, grito, sangue, o que precisarmos. Sairemos dos jogos com orgulho, seja ele por vitória ou por termos dado nosso melhor.”

Metodista:Neste ano temos um lema que é ‘pode faltar sorte, mas não pode faltar raça!’”, com este lema e essa determinação escrita pelo diretor esportivo da atlética Felipi Ferreira, a Metô vai para o JUCA de 2017, com o pensamento de que: “A Metô vai pra cima de quem vier, vamos jogar e lutar de igual para igual com qualquer um e vamos em busca dos resultados mais positivos possíveis. Que venham muitos títulos! Que venha muita alegria para a torcida mais louca que há!”.

PUC-Campinas: Nosso esportivo cresceu muito em quesitos de estruturas neste ano. Treinávamos no chamado apoio da universidade, que são com todos os alunos da universidade e não apenas os de comunicação, o que não era nada bom para nós. Hoje todas as modalidades coletivas têm treino próprio, com exceção do basquete feminino (que já está encaminhado para ter seu treino no segundo semestre)”, dessa forma é apresentada a evolução da PUCCamp pelo diretor esportivo Ricardo Baccarin. Mostrando que, apesar das dificuldades, “a possibilidade de gerar resultado é maior que nunca neste ano”.

PUC-SP: Nesse JUCA temos uma certeza, colocaremos times em quadra que na nossa visão, serão vencedores independente do resultado, pela entrega e dedicação que mostraram. Treinar de madrugada, na chuva, continuar treinando após as luzes da quadra serem desligadas não é fácil”, e é dessa forma que a diretora geral de esportes Laís Martins descreve como a PUC-SP vai para o JUCA de 2017. Complementa dizendo “desembarcaremos em Araraquara na quarta-feira como sempre fizemos: com muita raça, fé auriazul e com os santos ao nosso lado, afinal, somos a PUC de todos os Santos”.

 

A certeza é que o JUCA será repleto de respeito e jogos disputados, com muita emoção para as torcidas e atletas, somente acompanhando para saber quem sairá como campeão e quais serão as respostas para todas essas expectativas e planos.

Posts Relacionados

Comentários fechados