Seleção USP de futebol de campo estreia na Liga do Desporto Universitário

por • 25 de abril de 2017 • Colaboradores, Colunas, Futebol de campo, Jogo a JogoComentários (0)462

Por Christian Anderaos e Leonardo Milano

 

Na segunda-feira da semana passada, dia 17/04, treze dos melhores times universitários de futebol do país entraram em campo pela disputa da Liga do Desporto Universitário (LDU), campeonato organizado pela Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU).

Pela primeira vez na história, a seleção USP pode participar da competição. E isso, graças ao vice campeonato da Série Diamante, organizada pela Federação Universitária Paulista de Esportes (FUPE) e que dá vaga no campeonato universitário de futebol de campo masculino de maior expressão nacional.

O torneio foi disputado na cidade de Campo Grande, no estado do Mato Grosso do Sul. Como era de se esperar, por se tratar de um estado localizado no centro-oeste brasileiro, o clima quente e abafado reinou incontestável sobre os gramados do Centro de treinamento do Clube Esportivo Nova Esperança (CENE).

Todas as treze faculdades que participaram da competição levaram seus atletas, comissões técnicas, treinadores, fisioterapeutas e preparadores físicos e de goleiros em ônibus e vans. Já a seleção USP, que não obteve nenhum tipo de ajuda financeira para transportar sua equipe, marcou presença graças ao investimento dos próprios atletas. Foram quatro carros, um treinador e apenas 3 bolas.

A estreia da seleção USP ocorreu na terça-feira, dia 18/04, contra a forte equipe da UNIFOR (Fortaleza). O jogo terminou empatado em 2×2. Mesmo após sair perdendo de 2×0, a Seleção buscou o empate, ainda no primeiro tempo, com gols de Pedro Alayon (FEA) e Christian Anderaos (EEFE).

O goleiro Guilherme Pio (MED) teve de fazer boas defesas, mas a Seleção também desperdiçou grandes chances de ficar à frente do placar, inclusive no pênalti defendido pelo goleiro da UNIFOR, batido pelo volante Christian Anderaos.

No dia seguinte, os atletas da USP entraram novamente em campo, dessa vez para enfrentar a fortíssima equipe da UNAMA (Pará) e perdeu por 2×0. Os gols só foram sair depois da metade do segundo tempo. A equipe da USP já apresentava certo cansaço e o desgaste físico era notório.

O primeiro gol saiu a partir de uma falta extremamente bem batida, sem chance para o goleiro uspiano. Já o segundo gol ocorreu após uma infelicidade do goleiro Fernando Fenólio (FEA) que rebateu a bola para dentro da área e só pode observar sua defesa demorar para reagir até que um dos atacantes da equipe rival se antecipasse e marcasse o que seria o gol da eliminação uspiana.

Sendo assim, a seleção USP encerrou sua participação no campeonato sem grande êxito, terminando na 9ª colocação. Mas o planejamento que começou em 2015 e já teve o seu objetivo máximo atingido em 2017 mostra que a USP está apenas aquecendo seus motores e, certamente, daqui alguns anos de participação poderá avançar mais no campeonato.

Posts Relacionados

Comentários fechados