DOS TREINOS À VITÓRIA

por • 6 de outubro de 2016 • Basquetebol, Campeonatos, Cartola, Colunas, Futebol de campo, Futsal, Handebol, Individuais, Rugby, VôleiComentários (0)259

Atlética Unesp Bauru apresenta o preparo, a estrutura, e os desafios pelo esporte que move o campus.

 

Por Danilo Lysei | Atlética Unesp Bauru

 

Anualmente, a A. A. A. Unesp Bauru oferece treinos para todo e qualquer estudante que começa a estudar no campus. Desde modalidades de quadra até às individuais, a Atlética, em parceria com a Secretaria Municipal de Esportes e Lazer de Bauru (SEMEL), e outras instituições da cidade, oferece suporte para que o esporte seja introduzido na Universidade. O objetivo,  é oferecer aos recém chegados uma oportunidade para que pratiquem esportes variados e, assim,  consigam os melhores desempenhos e resultados de seus atletas.

Em Bauru, são marcados jogos amistosos contra clubes, times e faculdades interessadas – da cidade e de fora. Além disso, os times participam de campeonatos grandes, como o Jogos Universitários do Estado de São Paulo (JUESP) e o Inter (Jogos entre todos os campi da Unesp), o principal objetivo do ano.

Que a Atlética promove a prática esportiva dentro campus de Bauru todo mundo sabe. O que as pessoas em geral não sabem, sejam os estudantes ou até mesmo os próprios atletas, é o que acontece nos bastidores. Por trás dos treinos e campeonatos, e de todo o planejamento e trabalho que é desenvolvido para que tudo ocorra da melhor maneira possível, a Atlética realiza eventos e ações para arrecadar fins que custeiam as atividades esportivas que promove. Além, é claro, de contar com apoio e auxílios de parcerias na cidade. Assim, todo o arrecadado é direcionado ao aluguel e manutenção de quadras, investimento em técnicos, compra e despesas com materiais e zelo ao patrimônio.

null-2

Treino de Atletismo: Semanalmente os atletas treinam nos períodos de intervalo das aulas do campus: 12-14hrs, 17-19hrs e 22-00hrs./ Foto por Ana Carolina Mendonça

Mesmo diante de dificuldades como espaço para treinos, suporte financeiro e greves no decorrer do calendário letivo, no campus Bauru, treze modalidades são oferecidas – entre femininas, masculinas e mistas -, e cerca de cento e oitenta atletas, desde calouros, veteranos e até formandos, compõem o esporte universitário da Unesp Bauru. Durante o ano são trinta semanas de árduo trabalho, cento e sessenta e cinco dias de treinos nos períodos da manhã, tarde e noite e quase seiscentas e sessenta horas de corridas, saltos, pulos, nados, arremessos, defesas e ataques. Tudo isso em prol de uma objetivo. VENCER!

“Os atletas que vêm treinando estão melhorando muito. Os treinos não estão nada fáceis, cobro muito em relação à técnica, onde vejo que muitos devem aperfeiçoar os fundamentos necessários para um melhor rendimento.”, comenta Douglas Gonçalves, técnico da modalidade de Natação. Ele, que passou já por 3 piscinas para poder dar seus treinos, enxerga como ponto positivo o fato dos atletas, mesmo diante de todas as dificuldades, continuarem a treinar.

revista-beat-unespbauru

Futebol de Campo: Utilizando os espaços da Universidade e da cidade, a Instituição procura introduzir o esporte universitário no campus./ Foto por Manuela Sanches

No decorrer do ano, infelizmente, a instituição enfrenta muitas dificuldades para que possa desenvolver suas atividades. Greves, falta de apoio, déficit financeiro e outros fatores implicam no trabalho que é executado durante os dez meses de uma gestão. Mas nada que abale o objetivo final tido pelos diretores que a compõem.

Manuela Sanches, vice-presidente da Atlética e atleta da modalidade de atletismo, explica que o campus está com uma equipe forte e motivada para disputar os jogos e conquistar a vitória na casa do maior rival. Especialmente pelo fato de que os jogos Inter 2016 serão sediados na cidade do maior rival de Bauru: Presidente Prudente.”Há uma responsabilidade grande vir de uma derrota por eles e conquistar o título de volta, não só como atleta mas também como membro da atlética. Estar lá no sol, do meio-dia às duas, toda semana, correndo e treinando, dá um certo nervosismo mas também um gostinho de ‘quero ganhar lá'”, descreve ela sobre a ansiedade.

revista-beat-unespbauru1

Treino de Basquete Misto: Entre dificuldades estruturais e financeiras, técnicos profissionais da área de cada modalidade são contratados afim de aumentar e aperfeiçoar a capacidade competitiva dos times e das individuais./ Foto por Ariele Lobo Gomes

O ano de 2016 está sendo um ano especialmente complicado para a Atlética UNESP Bauru. Após a derrota no Inter Araraquara 2015, os ânimos e a vontade de recuperar a taça esbarram em muitos problemas corriqueiros que atrapalham na hora de visualizar a vitória futura tão esperada no Inter Prudente 2016. Mas nada que impeça os atletas de seguir com os treinos e preparação para os jogos. Muitos, passam o dia na faculdade, não retornam para suas cidades no fim de semana, pelo simple sentimento que o esporte traz. Aquele sentimento de pertencimento, de mérito, de adrenalina, que no final, faz tudo valer a pena. Tudo pelo esporte.

 

 

Crédito foto de capa: Treino de Natação por Bianca Velo

Posts Relacionados

Comentários fechados