É férias. Mas não podemos descuidar da alimentação!

por • 10 de julho de 2016 • Colunas, SaúdeComentários (0)280

Por Tainá Carvalho | Nutricionista esportiva

 

Para os atletas universitários, geralmente neste período do ano, chegam ao final as principais competições do primeiro semestre. Ao término de uma temporada,  e consequente início do período de transição entre uma temporada e outra, os atletas geralmente estão cansados e precisam recarregar as baterias para o segundo semestre. O descanso nessa fase é fundamental, mas é preciso cuidado para não relaxar demais. Alguns atletas se descuidam da sua alimentação e podem ganhar alguns quilinhos de gordura ou até mesmo perder massa muscular.Alguns alimentos auxiliam na recuperação do atleta, pois apresentam ação anti-oxidante e anti-flamatória, minimizando os danos do estresse físico. Além disso, ajudam  a fortalecer o sistema imunológico para o próximo semestre, são eles:

  1. Açafrão ou cúrcuma: você pode usar para temperar preparações culinárias. Costuma ser usado em saladas ou preparações quentes.

  2. Aveia: fonte de fibras, melhora o funcionamento intestinal ajudando a fortalecer o sistema imunológico e a eliminar toxinas. Pode ser acrescentada nas frutas ou junto com leite ou iogurte.

  3. Azeite de oliva: melhor opção disponível é o extra-virgem. Rico em gorduras monoinsaturadas é ideal consumi-lo cru.

  4. Frutas cítricas, frutas vermelhas e suco de uva integral: contém compostos bioativos importantes, responsáveis pela ação antioxidante e anti-inflamatória. Melhoram a circulação sanguínea e ajudam no combate a substâncias tóxicas que aumentam com o estresse diário.

  5. Cacau: presente em boa quantidade no chocolate amargo e meio amargo, é fonte de flavonoides, e também apresenta função antioxidante, melhorando à circulação.

  6. Chá verde: deve ser  consumido ao longo do dia, quente ou frio,  pois é capaz de ativar enzimas para metabolizar toxinas. O ideal é consumir a preparação utilizando a erva seca. As opções prontas em caixinhas ou lata. não apresentam os mesmos benefícios.

  7. Verduras crucíferas: brócolis, couve-flor, aspargos e couve-de-bruxelas, também são capazes de ativar enzimas responsáveis por eliminar toxinas. Ideal consumir pelo menos uma vez ao dia.

Incluir alguns destes alimentos na dieta diária, principalmente durante o período de férias, pode evitar prejuízos na performance no segundo semestre. Manter uma alimentação com qualidade é fundamental, mas não é preciso abrir mão de alimentos saborosos nos momentos de lazer. O importante é saber dosar a quantidade e estabelecer um equilíbrio.


Clique aqui e agende uma consulta
logotaina1

– Graduação em Nutrição pela Universidade de São Paulo (FSP/USP)
– Pós-graduação em Nutrição Aplicada ao Exercício Físico pela EEFE/USP
– Aprimoramento em Transtornos Alimentares e Nutrição pelo AMBULIM – IPq/HCFMUSP
– Especializa-se em Fitoterapia e Nutrição pelo Centro Integrado de Nutrição (CINNUTRI)
– Atuou como nutricionista na equipe de multidisciplinar na Unidade de Reabilitação Cardiovascular e Fisiologia do Exercício do Incor/HCFMUSP e ambulatório de medicina esportiva
– Atua como nutricionista esportiva em consultório particular

Posts Relacionados

Comentários fechados