TUSP e o esporte universitário de alto rendimento

por • 6 de maio de 2016 • Basquetebol, Colunas, Futebol de campo, Futsal, Handebol, Individuais, Uncategorized, VôleiComentários (0)763

Por Shayene Metri

No próximo final de semana, 07 e 08 de maio, irá ocorrer o Torneio da Universidade de São Paulo, o TUSP.  No estilo da tradicional Unisinos, o torneio englobará as Seleções USP e as seleções das universidades convidadas. As partidas ocorrerão em praças esportivas já conhecidas pelos atletas uspianos: as quadras da EEFE (Basquete e Vôlei), no CEPEUSP (FutCampo e Atletismo) e no Mané Garrincha (Handebol e Futsal).

Organizado pela LAAUSP, a ideia do torneio é ser um espaço para o dito “esporte universitário de alto rendimento”. O atual presidente da entidade, Felipe Guimarães, “Guima”, conta que a ideia de retomar o TUSP vem desde o final do ano passado  “quando reunimos todas comissões técnicas e atletas interessadxs para discutirmos o fechamento 2015 e planejamento 2016. Lá foi levantada a necessidade de um evento nosso aqui no primeiro semestre para fomentar nossa intenção de esporte universitário de melhor performance, então, passamos a investir o TUSP e trabalhar para reconstruí – lo.”

vfseleça

Reconstruí-lo, porque, na verdade, será a VI edição do campeonato. Por muito tempo, a USP deixou de organizar o torneio pelas inúmeras dificuldades que ele envolve: disponibilidade de quadras esportivas e acomodações para as universidades convidadas,  escassez de verba destinada ao esporte universitário e, principalmente, baixa adesão das equipes. Isso porque, além do obstáculo que é incluir o evento nas agendas das outras entidades, “o esporte universitário carece de recursos, e no caso o transporte é limitante, já que pretendemos unir grandes universidades com distâncias geográficas consideráveis”, explica Guima. Esse ano, inclusive, houve desistência de equipes de fora por conta de dificuldades de última hora com a verba para o transporte.

Operação

Além da fundadora USP, UFPR, UFABC, UFSCAR, Medicina Santo Amaro e UNICID são as participantes do VI TUSP. Os atletas de fora da capital ficarão alojados em salas do CEPEUSP, facilitando o contato e a interação entre as equipes.

Vale lembrar que o TUSP foi um dos projetos esportivos aprovados no edital Santander, o que possibilitou os recursos financeiros necessários para a LAAUSP conseguir tirar, finalmente, o projeto do papel.

Posts Relacionados

Comentários fechados